Tecarterapia

A tecarterapia é realizada através de uma técnica manual e/ou automática apoiada por tecnologias inovadoras, que permite tratar patologias do aparelho locomotor, tanto agudas como crónicas. Este tipo de terapia permite reduzir o tempo de recuperação de forma significativa.
Este método terapêutico, também conhecido por diatermia, é abreviatura de Transferência Eletromagnética Capacitiva e Resistiva (TECAR) unida à palavra terapia, e consiste no aquecimento de tecidos localizados do corpo através de um campo eletromagnético. Da mesma forma que a electroestimulação muscular, a tecarterapia, usa correntes elétricas para aquecer zonas específicas do corpo (através de elétrodos fixados na pele). Deste modo, são ativados os efeitos de regeneração muscular, conseguindo aumentar o metabolismo local e consequentemente favorecer a recuperação natural do organismo.
A mostrar todos os 2 resultados

Com a tecarterapia é possível chegar a partes do corpo mais profundas, que não seria possível através da terapia convencional. Este, é um método eficaz para o alívio da dor e diminuição do tempo de recuperação, evitando os efeitos colaterais de medicamentos anti-inflamatórios ou analgésicos, visto que a tecarterapia substitui biologicamente os seus efeitos, sendo gerados pelo próprio organismo do paciente.

A tecarterapia é indicada para a reabilitação e recuperação de doenças degenerativas que provocam dor, inchaço e diminuição da mobilidade articular. É igualmente eficaz na medicina estética (tratamentos de nutrição e oxigenação da pele, body shaping, e regeneração da pele) e na flebologia (linfedema e distúrbios circulatórios). Adicionalmente, pode ser utilizada para fisioterapia uro-ginecológica (miomas, endometríose, trauma obstétrico, episiotomia, cistite, hiperplasia benigna na próstata, entre outros)