LODE – Ergómetro MRI Push-Pull

0.00

 

 

Este ergómetro MRI (ressonância magnética) é adequado para cardiologia, em scanners onde é impossível realizar um movimento com pedal. A carga pode ser ajustada até 100 watt. Este ergómetro foi desenvolvido para ser usado durante estudos de ressonância magnética. O momento de inercia é de 8,4 Kgm2. Este ergómetro possui uma unidade de controlo e de potencia. A unidade de controlo permite visualizar os parâmetros como carga, rotações por minuto, binário, temporizador e distancia. A unidade de potencia possui um cabo de segurança para fixação na parede. Este ergómetro pode ser usado para scanners MRI até 3 Tesla.

Destaques

Ergómetro único para Ressonância Magnética

Com este ergómetro é possível realizar um teste de exercício num dispositivo de ressonância magnética.

Independente de Tesla

A escolha de materiais e o design especial permitem que o ergómetro seja usado até 1,5 e 3 Tesla.

Compatível com vários dispositivos de Ressonância Magnética

Compatível com:

• Philips
• Siemens
• GE

Características

Carga de arranque extremamente baixa

A carga de arranque extremamente baixa de 7 watts e o ajuste em pequenos passos de 1 watt tornam este ergómetro perfeitamente adequado para diferentes aplicações.

Baixo ruído

Graças á fabricação precisa e à escolha cuidada dos materiais o dispositivo apresenta níveis de ruido extremamente baixos

Preciso durante um longo período de tempo

Os ergómetros Lode são fornecidos com um mecanismo de travagem eletromagnética de Lanooy (corrente de Foucault). A maior vantagem deste sistema de travagem em comparação com um sistema de travagem de fricção é a precisão absoluta e a precisão ao longo do tempo. Além disso, os sistemas de travagem de fricção possuem mais peças de desgaste.

Pequenas etapas de ajuste

A carga de trabalho dos ergómetros Lode é ajustável em passos de apenas 1 watt. Os passos de 1 watt são possíveis no modo manual, bem como dentro dos protocolos.

Recursos adicionais com PCU

Além da possibilidade de programar 24 protocolos facilmente, esta unidade de controlo oferece os seguintes recursos:

– melhor monitorização devido ao ecrã adicional e mais largo
– uma combinação perfeita com BPM
– possibilidade de medir SpO2

Conjunto para transformação da unidade push/pull para up/down

Conjunto para transformação da unidade push/pull para ankle flexion

Cabo de interface

Carga de trabalho

Carga mínima: 5W
Carga máxima: 100W
Incrementos de carga mínimos: 1 W
Controlo de carga de trabalho hiperbólica
Controlo da carga de trabalho linear
Controlo da carga de trabalho com binário fixo
Carga máxima constante independente de rpm: 60 rpm
Carga mínima constante independente de rpm: 5 rpm
Sistema de travagem eletromagnético
Calibração dinâmica

Precisão

Precisão da carga de trabalho abaixo de 100 W: 3 W
Precisão da carga de trabalho de 100 a 500 W: 3%

Interface do utilizador

Modo de operação manual
Modo de operação de protocolo predefinido
Modo de operação analógico
Unidade de controlo externa

Conetividade

Conetor analógico

Dimensões e Peso

Comprimento: 135 cm
Largura: 50 cm
Altura: 50 cm
Peso 47 kg

Requisitos elétricos

115 V AC 50/60 Hz (130 VA)
230 V AC 50/60 Hz (130 VA)

Padrões e segurança

IEC 60601-1:2005
ISO 13485:2003
ISO 9001:2008

 

Desde que Freerk Lode fabricou o primeiro cicloergómetro electro-magnético, em 1952, precisão, fiabilidade e durabilidade foram fatores fundamentais para o desenvolvimento de mais produtos. Tendo-se iniciado há alguns anos atrás no pequeno mercado da cardiologia e função respiratória, a Lode BV tornou-se especialista no espectro completo da ergometria médica.

A LODE está localizada em Groningen, Holanda.

MC1
Manuel Casal
Gestor de Clientes (Norte/Centro)
PS3
Patrícia Santos
Gestor de Clientes (Sul)